Pão de Azeitona




Quando eu estava nas aulas de panificação eu tentava fugir sempre que podia. Fazer pão naquela época pra mim era um desastre. Eu não podia imaginar que gostaria tanto de fazer massas hoje, acho que é porque tenho tentado aperfeiçoar e aprender melhor como a massa é formada.

Os elementos que não podem faltar em um pão são farinha, água (líquido), fermento e sal.

A farinha eu nem precisava comentar que é essencial, né, mas só pra saber, na farinha de trigo existem proteínas que não se dissolvem em água, mas depois de hidratadas e bem misturadas formam o glúten. Ele é o responsável por armazenar o gás carbônico da fermentação, dando estrutura e sustentação ao pão, tornando a massa mais leve.

Os outros elementos adicionados à massa do pão são os que agregam mais sabor e texturas diferentes. O açúcar, além de sabor, auxilia o crescimento das leveduras. A adição de gorduras ou queijo aumenta a maciez e formação de lascas. Já os ovos ajudam a fermentação da massa, melhorando a leveza do pão.

Chega de trá-lá-lá e vou passar logo a receita que é sucesso!

- 10 gramas de fermento biológico seco (um pacotinho)
- 1 colher de sobremesa de açúcar
- 300 ml de leite morno
- 3 colheres de sopa de azeite extra virgem
- 1 colher de chá de sal
- 500 gramas de farinha de trigo
- 150 g de azeitonas picadas (já fiz com preta e verde, tanto faz)

Misture o fermento com o azeite, o açúcar e o leite morno. Coloque o sal e vá adicionando a farinha de trigo. Dependendo da sua farinha e do ambiente, pode ser que vá mais ou menos farinha. Vá sovando até que fique lisa e elástica. Coloque em um recipiente em lugar quente e espere até dobrar de volume (dependendo do calor do ambiente, aproximadamente 1 hora).

Acrescente as azeitonas misturando para que sejam bem distribuídas na massa ou abra e recheie como um rocambole, cuidando para distribuir bem as azeitonas. Modele os pães como preferir e deixe descansar até dobrar de volume. Leve ao forno pré aquecido e asse a 220 graus.



Sem contar que esse pão dá pra fazer com qualquer recheio ou até sem. Mas aí não esqueça de aumentar a quantidade de sal, tá?

Informações daqui, daqui e daqui. (pra quem quiser conhecer mais, vale a pena dar uma olhada!)

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
 
 
 

 
Premium Blogger Themes